Rogério iniciou em 1984, com a  banda Ecossistema, participando ativamente do circuito de rock paulista, tocando em lugares icônicos como Madame Satã, Lira Paulistana e Heavy Metal, e abrindo shows para bandas como Titãs, Capital Inicial e Mercenárias, entre outros. Em 1989 tornou-se um dos pioneiros da MPB eletrônica, chegando a ser citado na lendária revista BIZZ e, mais recentemente, no livro "MEB - História da Música Eletrônica Brasileira" (Erick Marke - ed. Literatura). A partir do final dos anos 90 esse trabalho também foi divulgado em estações de rádio e sites da Europa, Canadá e E.U.A.

Em 1994 explorou a mistura entre o brega setentista e o punk rock com os Paladinos do Amor e foi igualmente pioneiro em dub no Brasil com o Dub Killa (1995). Também fez trilhas sonoras para estações de rádio e peças de teatro. 

Tocou em diversas outras bandas e, desde 2006, tem se dedicado também ao estudo de cantos devocionais de várias tradições (especialmente mantras indianos), Yoga e à Musicoterapia, o que ampliou muto as possibilidades e o alcance do seu trabalho. 
Entre 2009 e 2016 coordenou a banda Sidarta, que lançou CD em 2014 e até hoje tem média de mais de 2.000 plays mensais em redes de streaming, surpreendendo com sua diversidade étnica e sonora. Numa linha mais ligada propriamente aos mantras atua desde 2014 no duo So Ham, com Diana Hybari, com o qual já gravou três álbuns.
Apesar da longa estrada lançou seu primeiro CD solo ("Consequências") apenas em 2017, no qual fez um apanhado do seu arquivo de composições MPBísticas feitas desde o início da carreira. Em 2019, após resgatar parte da produção de MPB eletrônica do início dos anos 2000 com o EP "Ilha" parte para uma proposta inovadora: música para ser tocada ao vivo em práticas de Yoga e meditação ativa ("Yoga Waves"). Em 2020 continuou investindo na eletrônica com "LoFi" Chills, que tem como bônus a parceria com o rapper Ice Dee no single "Nova Aurora".

Discografia:

“Sons da Cidade” (coletânea, com a banda Ex- Machina) - 1995

“O Mundo Gira e o Ex-Machina” – Ex-Machina – 1996

“Electropicália” (coletânea de MPB eletrônica) – 2002

“Simplesmente Satsang” (com Marco Schultz) – 2010

“Sidarta” – 2014

“Mantras e Cantos Devocionais” – 2014

“Mantra Bossa´n´Soul”- 2016

"Influências" - 2016

"Consequências" - 2017

"Ilha"  - 2019

"Yoga Waves - 2019

"LoFi Chills" - 2020

"Mantra" - 2020

"Nova Aurora" (single) - 2020

  • Spotify ícone social
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Deezer ícone social
  • SoundCloud Social Icon